Início > Criatividade em Foco !, História das marcas > Lego: História e Campanhas

Lego: História e Campanhas

1

A História:

A LEGO foi fundada em 1932 pelo carpinteiro Ole Kirk Christiansen, na pequena vila de Billund, na Dinamarca, onde fabricava, juntamente com seu filho Godtfred Kirk, de apenas 12 anos, brinquedos de madeira artesanais para sustentar sua família. Na parede da empresa foi pintada a frase: “Only The Best is Good Enough” (Apenas o melhor é suficientemente bom), usada atualmente para definir a empresa. Em 1934, então com seis funcionários, a empresa adota o nome LEGO, formado a partir das iniciais da frase dinamarquesa “LEGOdt” que significa “Play Well” (algo como Brincar Bem). Coincidentemente, a palavra LEGO significa algo como “colocar junto” em Latim. Na década de 40 passou a fazer brinquedos desmontáveis até criar, em 1942, as primeiras pecinhas de plástico em formato de tijolo que se encaixavam e formavam figuras, animais e outros objetos. Nascia o princípio de um dos brinquedos mais famosos do mundo. Nesta época um incêndio destrói a fábrica. Ainda assim, Ole e seu filho não se deixam abater, e colocam a empresa no rumo novamente. Em 1947 começou a produzir brinquedos de plásticos através de uma máquina modeladora. Dois anos mais tarde a empresa já produzia mais de 200 diferentes tipos de brinquedos, feitos de madeiras e plástico, incluindo os blocos de montar, antecessor dos que conhecemos hoje em dia. Estes blocos ganhariam o nome “LEGO Mursten”(LEGO Bricks) em 1953. Foi nesta época que pela primeira vez o nome LEGO é impresso dentro da peças.

3

Em 1955 ocorreu o lançamento da primeira coleção dos brinquedos LEGO, composta por 28 kits diferentes e oito veículos. Somente em 1958 surgia oLEGO System of Play, um sistema intercambiável de montagem e encaixe dos blocos criando inúmeras possibilidades de formas. O sistema foi oficialmente patenteado no dia 28 de janeiro às 1:58pm. Este ano foi marcado por dois acontecimentos: as primeiras exportações do produto para a Suécia e a morte de Ole Kirk Christiansen. Com seu filho a frente dos negócios, a empresa estava crescendo rapidamente, com seus brinquedos sendo vendidos em diversos países da Europa, abrindo filiais na França, Grã-Bretanha, Bélgica e Suécia. Eis que, em 1960, a empresa sofre mais uma baixa: outro incêndio destrói o galpão onde era feito a fabricação e estocagem dos brinquedos de madeira. A empresa resolve então se dedicar somente a produção de brinquedos de plástico. A partir deste episódio, o sucesso das tais pecinhas não parou mais. No início da década de 70, em 1973, os produtos da marca começam a serem vendidos oficialmente no mercado americano. Em 1976 existiam 218 diferentes kits de montar, com variações de cor, vendendo quase 19 milhões de kits por ano.

4A empresa cresceu rapidamente, introduzindo no mercado uma enorme e criativa linha de brinquedos que se tornaram um verdadeiro sucesso no mundo inteiro. Mas a aparição dos videogames – e a fracassada tentativa de entrar nesse mercado – junto com a concorrência de outros fabricantes colocaram a empresa dinamarquesa em uma situação difícil no início do século XXI, com prejuízos milionários. A LEGO, que continua sendo propriedade da família Christiansen, tomou medidas drásticas, como a venda de parte de seus parques, a mudança de parte de sua produção para República Tcheca e Hungria e a redução de seu quadro de funcionários em um quarto, conseguindo assim frear as perdas. Mas a grande reviravolta aconteceu com a introdução de novos brinquedos, especialmente os kits articulados, extremamente complexo e que criavam um realismo ainda maior. Nos últimos anos, a LEGO encontrou enorme sucesso também nos kits temáticos de filmes de sucesso como Harry Potter, Indiana Jones, Star Wars e Speed Racer.

Desde as peças mais simples, passando pelas figuras humanas com braços articulados e chegando aos trens e naves especiais, os tijolinhos se transformaram em referência no mundo dos brinquedos e um exemplo para os educadores de como incentivar a criatividade das crianças. Hoje em dia os produtos LEGO são presença constante em grandes institutos de educação espalhados por vários paíeses, desde a pré-escola, onde as linhas tradicionais divertem as crianças e estimulam a sua concentração e criatividade, até à universidade, onde linhas tecnológicas como a LEGO Technic e a LEGO Mindstorms permitem aos estudantes aperfeiçoarem-se em design, robótica e mecatrônica.
5A linha do tempo
1953
● LEGO Mursten, os famosos “tijolinhos” para encaixar, antecessor dos que conhecemos hoje em dia.
1954
● Introduzidas portas e janelas, criando mais opções de montagens.
1961
● Lançamento das primeiras rodas de LEGO.
1964
● Introdução das instruções de montagem em suas embalagens, auxiliando e criando inúmeras possibilidades de montagem por parte do consumidor.
● LEGO Model Cars, primeiros automóveis da linha.
1966
● LEGO Trains, as famosas locomotivas com motor de 4.5 volts movidas à bateria.
1967
● LEGO Duplo Brick (atualmente conhecido como LEGO Explore), um bloco duplo de montar voltado para as crianças mais jovens poderem brincar com mais segurança. A principal novidade destas peças era o tamanho, o dobro das originais.
1973
● Introduzida a linha de navios e mobiliários para casa.
1977
● LEGO Technic, que se diferenciava das demais linhas por incluir rodas dentadas, vigas e engrenagens. Esta linha foi desenvolvida para consumidores mais experientes devido a complexidade de suas peças e montagem.
1978
● LEGO Figures, uma linha composta por sete mini-bonecos com braços e pernas móveis nos temas Castle (castelo), Space (espaço) e Town (cidade). Originalmente os pequenos bonecos só estavam disponíveis na cor amarela.
● Dois meses depois é introduzida a primeira personagem feminina da linha, uma enfermeira.
1979
● LEGO Space, kit que tinha como tema o universo galático, incluindo astronautas e naves espaciais.
1982
● LEGO DUPLO MosaicLEGO Tecnic I, linhas de produtos voltadas para o mercado escolar, com caráter educacional.
1984
● LEGO Castle, um dos maiores e mais populares kits da marca.
1989
● Inaugurado o LEGO Dacta, conhecido como departamento de produtos educacionais, que seria renomeado LEGO Technic Land alguns anos depois.
● As mini-figuras passam a contar com expressões faciais de “Alegria” e “Tristeza”.
● LEGO Pirates, kit temático que abordava o misterioso universo dos piratas, incluindo caravela e espadas.
1995
● LEGO Baby, uma linha segmentada para crianças de 0 a 2 anos de idade, com peças grandes, coloridas, com sons e movimentos, destinados à estimulação precoce essencial ao desenvolvimento psicomotor neste estágio da vida. Esta linha foi lançada inicialmente com o nome LEGO Primo.
1998
LEGO MINDSTORMS, kit que permitia a construção de incríveis robôs articulados.
1999
● LEGO Star Wars, uma nova linha de construção baseada no conhecido filme Star Wars (Guerra nas Estrelas). O kit se tornou o mais vendido na história da marca.
2001
● LEGO Bionicle, criaturas articuladas, que depois ganhariam vida com o lançamento de jogos para computadores e videogames.
● LEGO Harry Potter, linha de construção baseada nos conhecidos personagens da série.
2007
● LEGO Eiffel Tower, criado por demanda e após vários pedidos, este kit é um deslumbrante modelo para a construção e visualização, construído para escala de 1:300, da mais famosa torre do mundo. Desde a bandeira no topo, os elevadores e outros detalhes realistas, nada foi esquecido. A réplica da famosa torre para montar possui 108 cm, ou seja, mais de um metro de altura.
2008
● Lançamento dos kits LEGO Inadiana Jones e do novo LEGO Stars Wars.
● LEGO MINDSTORMS NXT, mais forte e mais intuitivo que nunca, a ferramenta robótica proporcionava oportunidades infinitas aos entusiastas de robôs e construtores, possibilitando construir e programar robôs que fazem o que você quiser. O “cérebro” do robô, apresentava um poderoso microprocessador de 32 bits, mais memória programável.
● LEGO Archicteture, uma linha de produtos (kits) criada em parceria com o arquiteto Adam Reed Tucker, da Brickstructures Inc., que tem como objetivo celebrar o passado, o presente e o futuro da arquitetura usando blocos de LEGO. A série de réplicas de algumas das mais impressionantes obras arquitetônicas do mundo era composta por quatro kits: Sears Tower e o John Hancock Center em Chicago, a magnífica torre Seattle Space Needle em Seattle e representando Nova York o arranha-céu mais famoso do mundo o Empire State Building. No ano seguinte a linha ganhou mais dois monumentos arquitetônicos: o Museu Guggenheim e a Fallingwater.
2009
● Lançamento do kit LEGO Speed Racer, baseado no filme de grande sucesso.

As lojas

LIC 1

Tudo começou em 1992, quando a LEGO inaugurou uma loja conceitual e interativa em um shopping center na cidade de Minneapolis, Minnesota. Chamada de LEGO IMAGINATION CENTER (LIC), a enorme loja, além de vender os brinquedos da marca, possuía várias esculturas feitas de LEGO expostas em displays e áreas onde as crianças podiam se divertir com os blocos da LEGO, conhecendo diversas coleções existentes. O sucesso foi tanto que outras lojas conceituais foram inauguradas. A mais famosa fica localizada na cidade de Orlando na Flórida, dentro do Downtown Disney. Essa loja possui uma enorme variedade de brinquedos e jogos da linha LEGO. Mas as principais atrações estão do lado externo: um disco-voador com a família inteira feita de pecinhas do brinquedo, playground externo interativo e uma enorme serpente, chamada Brickley, feita inteiramente com LEGO, localizada em uma enorme loja bem em frente a loja. Nos Estados Unidos existem três tipos de lojas LEGO: as conceituais, as normais e os outlets. Ao todos são mais de 20 endereços espalhados pelo país. A primeira loja própria da marca na Europa, chamada de LEGO BRAND STORE, foi inaugurada somente em outubro de 2002 na cidade de Colônia na Alemanha, seguida de lojas nas cidades de Milton Keyne na Inglaterra e Moscou na Rússia. O sucesso fez com que outras unidades fossem abertas em Munique, Oberhausen e Hamburgo na Alemanha; Birmingham, Brighton, Bluewater e Kingston na Inglaterra.

A Sede

8


A sede mundial e quartel-general da LEGO está situada na pequena Billund, cidade situada a poucas centenas de quilômetros de Copenhague, onde a terra é plana e o vento não pára, soprando diretamente da Groelândia e do gélido Atlântico Norte. A sede mais parece um sonho para qualquer adulto. Comerciantes de brinquedos, parceiros e convidados que chegam à sede são recebidos em um local muito arejado, que testemunha tanto o mundo moderno do design dinamarquês quanto a fantasia de criança. As paredes brancas e espaçosas são destacadas com esculturas de LEGO: dinossauros, formas abstratas, arte em relevo e até um Darth Vader do filme Star Wars. Tudo criado com peças do brinquedo. Um moderno anfiteatro foi construído para apresentações da empresa e para revelar novos produtos. Durante um certo tempo, uma única área do edifício mostrasse especialmente excepcional, com uma passagem que leva a um mundo de fantasia. Para entrar, os visitantes primeiramente vestem aventais limpos e sapatos hospitalares feitos de papel. Marmanjos de meia-idade descobrem-se vestidos como pais prestes a entrar na sala de perto. E é exatamente essa a idéia. Uma a um, os visitantes caminham para dentro do processo de renascimento. No primeiro aposento, uma televisão exibe guerra, violência e o caos da humanidade. Vê-se uma mesa e uma cadeira penduradas no teto, de cabeça para baixo, representando que o mundo estava de ponta-cabeça e do avesso. Logo após, a sala de parto, uma mulher dando à luz e uma música no volume máximo. A porta de saída é limitada com cerdas de vassoura, representando a vagina.Nas cem etapas seguintes, os visitantes eram conduzidos ao processo de crescimento, partindo de uma sala que contém uma floresta de perrnas de calças em tamanho exagerado, que representam a fase bebê, até uma bifurcação conforme homens e mulhers passavam à adolescência. As salas de parto permanecem por vários anos conduzindo visitantes de volta à época em que talvez tivessem brincando com tijolinho da Lego.Afinal, a LEGO é uma empresa voltada à imaginação, à recriação do mundo em 900 milhões de maneiras distintas. Não há melhor forma de expressar esse conceito a não ser desmontar as perspecticas de homens e mulhers de neçócios na meia-idade, fazendo-os voltar a ser criança.

Agora que já deu pra conhecer mais um pouco sobre a marca aqui vão algumas peças publicitárias. Primeiro as minhas favoritas. veiculadas aqui no Brasil:

Agora as mídias impressas:

BrainStimulator

anything

build

build2

build3

builders of tomorrow Essa peça esta sem nenhum slogan, mas o desta é “Builders of Tomorrow” ou “Construtores do Amanhã”

creativebuilding

creativebuilding2

creativebuilding3

cubo

imagine

lego_0

Lego_construction_site

making2

making3

making4

small

small3

sombra

sombra2

sombra3

sombra4

theimpossible

theimpossible2

theimpossible3

tv

tv2

Essa de baixo fala: “Johnny Thunder agora esta na cidade para a feira de brinquedos de Nova York.”

toy fair

toy fair2

toy fair3

A História da Lego eu roubei la do Mundo das Marcas, os vídeos do Youtube e as peças impressas do Ads of the World.

Rapaz, esse foi o post mais dificil de construir(piada infame e mais uma vez sem hora :D), mas pelo menos ficou pronto. Postei mais um material relevante no meu Tuite, tipo uma narrativa cross-media, vamos ver se da certo né. Agora vamos propagandear e nos esbaldar…

Nas cem etapas seguintes, os visitantes, eram conduzidos ao processo de crescimento, partindo de uma sala que contém uma floresta de pernas de calças em tamanho exagerado, que representam a fase bebê, até uma bifurcação conforme homens e mulheres passavam à adolescência. As salas de parto permanecem por vários anos conduzindo visitantes de volta à época em que talvez tivessem brincado com os tijolinhos da LEGO. Agora, imagine uma visita típica a sede de uma empresa sem esse tipo de descontração. Não é preciso dizer mais nada. Afinal, a LEGO é uma empresa voltada à imaginação, à recriação do mundo em 900 milhões de maneiras distintas. Não há forma melhor de expressar esse conceito a não ser desmontar as perspectivas de homens e mulheres de negócios na meia-idade, fazendo-os voltar a ser criança.

Anúncios
  1. 04/11/2009 às 13:46

    que legaal :D! adooro lego,gostei bastante do post…as imagens do final são incriveeeis,muito boas de verdade!!!!

  2. Anônimo
    07/11/2011 às 1:30

    um maximo vou usar isso como o meu trabalho *-*

  3. Fábio
    18/07/2012 às 6:06

    Porque colocar assinatura do blog em cima de trabalhos que nem são de vocês?

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: